NotíciasXinguara

Prefeitura adere ao protesto da AMAT e fecha as portas por 24h

A Prefeitura de Xinguara, secretarias e escolas municipais fecharam as portas nesta quarta-feira (16), em apoio à paralisação promovida pela AMAT (Associação dos Municípios do Araguaia, Tocantins e Carajás). Ficando funcionando apenas os serviços de emergência e urgência ( UPA, SAMU e Hospital Municipal), e as ações de limpeza urbana.

A decisão de paralisar as atividades é para tentar sensibilizar o governo federal e estadual em relação à situação critica vivida pelos municípios. O objetivo é mostrar que as prefeituras não têm mais condições financeiras de manter as responsabilidades transferidas nos últimos anos pelos governos aos municípios.

A queda nos repasses do Estado e da União está afetando todas as prefeituras, por isso, Xinguara, também estará junto com as demais cidades para cobrar soluções que aliviem os cofres municipais. Segundo o prefeito Osvaldinho Assunção, a situação está insustentável, os recursos cada vez menores e despesas maiores. Da forma como estamos indo não vamos conseguir cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Além da queda de 38% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a maioria dos 38 prefeitos que compõem reclamam do atraso por parte do governo federal e estadual  de repasses para serviços da Assistência Básica de Saúde, repasse de convênio compatíveis e da educação para merenda escolar, transporte escolar entre outros. (Texto: Mayrla Lima/Ascom)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar