SaúdeXinguara

Projeto Casulo recebe atendimentos através da Assistência Social

Fátima Assunção
Fátima Assunção

O Projeto Casulo, uma pequena vila onde vivem famílias de agricultores, distante a cerca de 5 km da zona urbana do município de Xinguara, recebeu nesta quinta-feira, 30, diversos atendimentos oferecidos pela Secretaria de Assistência Social do município.

Um dos atendimentos prioritários foi realizado em parceria com a secretaria Municipal de Saúde, onde o médico Rodrigo Gundim se prontificou em prestar os serviços, após ser convidado pela secretária de assistência social, Fátima Assunção.

Os moradores daquela localidade foram contemplados com consultas, exames laboratoriais, vacinação e recadastramento das famílias no programa Bolsa Família.

Dr. Rodrigo Gundim
Dr. Rodrigo Gundim

A secretária de assistência social, Fátima Assunção, em entrevista a nossa reportagem disse que, “ao fazer uma visita junto às famílias constatei a necessidade de atendimento, principalmente, às pessoas mais idosas, o que me levou a trazer nosso pessoal para prestar o atendimento aqui no Projeto Casulo”, relatou.

O médico Rodrigo, que é diretor clínico do município, sempre presente nas atividades voltadas à comunidade, tem contribuído nas ações que são realizadas diretamente em locais que facilitam a presença das pessoas que precisam dos serviços médicos.

Com essa forma de atendimento, segundo Gundim, há mais disponibilidade de tempo para examinar o paciente, tendo inclusive a oportunidade de ver de perto a real situação de vida dessas pessoas nas mais diversas localidades em todo o município.

oo“O atendimento realizado nestes locais, como está sendo feito, tem vários fatores positivos, isso porque os pacientes não precisam se deslocar até as unidades de saúde na cidade e, portanto, elas se sentem mais a vontade”, assinalou.

Considerando essencial a prestação de serviços públicos à população, como retribuição, Fátima tem como planejamento a descentralização do atendimento em que, segundo ela, “diante desses fatores, nós da Assistência Social em parceria com a Secretaria de Saúde do município oooresolvemos fazer com que essas ações chegassem até os moradores do Projeto Casulo, numa forma de desafogar o fluxo de pessoas nas Unidades Básicas de Saúde e até mesmo para evitar os riscos a que se expõem essas pessoas no deslocamento até a cidade, por conta da necessidade de terem que transitar pela única via de acesso à zona urbana, que é a BR 155”, frisou Fátima Assunção.

Por Roserval Ramos e Antonio Guimarães

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar