Quarteto de assaltantes é pego pela Polícia Militar em Xinguara e são reconhecidos por vítimas de assaltos ocorridos na cidade

Imagens/PM

Desde o ultimo final de semana, quando ocorreu uma tentativa de assalto a um estabelecimento comercial no setor jardim Frei Henri, a polícia vinha tentando realizar a prisão dos suspeitos de ser integrantes de uma quadrilha que vinha aruando em Xinguara. Diante das informações, a polícia passou a realizar buscas que pudessem levar à prisão dos criminosos.

___________ CONTINUE LENDO DEPOIS DA PUBLICIDADE ___________

Na madrugada dessa quarta, 25, os criminosos voltaram a agir, dessa vez numa tentativa de arrombar uma residência, mas foram surpreendidos pela polícia, que possibilitou a prisão de um dos integrantes do grupo, Maxuel Antonio Pereira da Silva, de 25 anos.

Após a prisão dele, os policiais passaram a trabalhar para chegar aos demais, o que veio a acontecer logo em seguida, por volta das 09h30.

Com várias passagens pela polícia, Cleiderson dos Santos Oliveira, o “Cleitinho”, de 23 anos, ele é considerado um dos mais perigosos, sendo reconhecido por várias vítimas de assaltos praticados por ele.

A polícia chegou aos acusados mediante informação que resultou nas prisões, além da apreensão de um adolescente de 16 anos. Antes, porem, eles teriam tentado fugir. Com o cerco policial, “Cleitinho”, Luzimar dos Santos Oliveira, 24 anos, e um adolescente foram pegos.

Na delegacia, várias vítimas fizeram o reconhecimento do quarteto de assaltantes, relatando que eles agiam de forma aterrorizante, sempre usavam do meio de disparo de tiros para intimidar suas vítimas.

Na ação, os policiais encontraram vários objetos, sendo 5 Aparelhos celulares, 02 relógios pulso de cor Prata ” Oriente/Yazole” e 01 revolver, marca Taurus, de 06 tiros, com 06 munições intactas que estava de posse de “Cleitinho”.

Os acusados responderão pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, roubo qualificado, corrupção de menor e formação de quadrilha.

A operação foi realizada pelo sargento Filho, soldado Resplande, e policiais do GTO – Grupo Tático Operacional, cabo Genésio, cabo Aragão, cabo Rogerio e soldado J. Henrrique, além do Serviço de Inteligência do 17º BPM.

O crime tenta invadir a cidade de Xinguara, mas a Polícia Militar em parceria com a Polícia Civil trabalham no combate contra o crime organizado, em menos de 15 dias foram presos vários criminosos e 4 arma de fogo foram tiradas das ruas. O comandante do 17º BPM Coronel Keythson Valente Gaia tem prometido combater o crime em Xinguara, dando a resposta que a população merece, e isso tem acontecido com veemência.

SEM COMENTÁRIO