Rádio comercial processa rádio comunitária de Xinguara

Ação pode levar ao fechamento de veículo popular de comunicação

RADO XINGUARA X UNIÃO FMA sociedade civil organizada de Xinguara tem se mostrado preocupada com o risco de fechamento da Rádio Comunitária União FM 104,9.

Desde 2013 tramita na justiça um processo em que a Rádio Xinguara AM 660, que é comercial, acusa a Rádio União FM de não cumprir adequadamente as normas de rádio comunitário e, desta forma, exige que a emissora FM, seja punida com sanções que podem, em último caso, resultar no fechamento da Rádio e no encerramento de um serviço que vem, há mais de dez anos, beneficiando a população de Xinguara.

Os líderes populares ressaltam a importância da Rádio para o progresso de Xinguara. “É preciso lembrar as tantas campanhas de vacinação e informes de utilidade públicas já veiculadas na Rádio Comunitária União FM, inclusive divulgando informes dos órgãos de justiça e demais poderes públicos existentes em Xinguara. Temos de lembrar também a importância dos informes veiculados por pessoas em busca de trabalho, em procura por documentos extraviados, são milhares de atendimento entre outros serviços sem nenhum ônus para a comunidade”, diz um desses líderes. Outra liderança ressalta que, “não se pode esquecer a importância da programação com a participação direta do ouvinte com inclusão social e a formação de uma identidade cultural fomentada pela Rádio Comunitária, assim como o acesso aos programas educativos e de interesse social que a mesma possibilita à população”.

Diante disso, dezenas de organizações sociais de Xinguara reafirmam que a Rádio Comunitária União FM é um patrimônio da população Xinguarense, e externam sua preocupação com o risco de fechamento desse veículo de comunicação, que por tantos anos vem sendo legitimado pela população desta cidade, mediante a tão ampla aceitação nos meios populares.

No próximo dia 13 de outubro haverá uma audiência, no Fórum de Xinguara, referente a este processo e, apesar das preocupações, há otimismo e confiança na Justiça por parte das entidades; as quais são entidades de classe, e de moradores entre outras, que apoiam a Rádio Comunitária União FM.