NotíciasPolítica

Redenção planeja compra de mais de R$ 1 milhão em artigos de malharia

Itens serão rachados entre secretarias de Administração, Meio Ambiente, Assistência Social e Educação, conforme demanda de cada uma. Só uniformes escolares são 7.000 por R$ 627 mil.

Milhares de unidades de uniformes escolares, dezenas de bandeiras do Brasil, do Pará e de Redenção, centenas de camisas, camisetas, calças e bonés. Esses são alguns dos 54 itens de malharia que a administração de Carlo Iavé está licitando, via pregão, por R$ 1.321.764,55 em Redenção, principal praça financeira do sul do Pará. As propostas comerciais vão ser conferidas nesta quinta-feira (21). As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu e podem ser conferidas aqui.

Ao todo, são 21.290 peças com os mais variados custos unitários, sendo que as bandeiras personalizadas são os itens mais caros, com valor unitário de R$ 190 — e são 45 unidades na mira da Prefeitura de Redenção. Cada jogo de uniforme tem custo orçado em R$ 89,67. Como o governo local quer comprar 7.000, o valor estimado para a compra é de R$ 627.690,00, praticamente metade da licitação.

O Blog apurou que os custos da compra serão rachados entre diferentes setores do governo de Iavé. A Secretaria de Administração quer lençóis e roupas de cama para uso de pacientes internados; a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável quer padronizar a apresentação dos servidores para facilitar sua identificação nas atividades desenvolvidas; a Secretaria de Assistência Social também quer se mostrar apresentável, com uniformes padronizados; e a Secretaria de Educação quer distribuir uniformes escolares e garantir peças de roupas para quando houver eventos da rede pública municipal de ensino.

Fonte: Zé Dudu

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar