Restos mortais de quatro pessoas são encontrados em área de difícil acesso de Senador José Porfírio

Não foi possível distinguir a princípio de quem são os corpos ou diferenciá-los em decorrência do avançado estado de putrefação. Perícia ainda irá analisar e emitir o laudo definitivo.

A Policia Civil de Anapu teve conhecimento de uma chacina nesta segunda-feira (27) por meio de informações de populares. Foram encontrados os restos mortais de quatro pessoas em uma zona rural do município de Senador José Porfirio, no sudoeste do estado.

Segundo a polícia, o crime ocorreu às margens do rio Pacurú, a 47 quilômetros do Travessão Flamingo Norte, no quilômetro 80 da BR 230. O local é de difícil acesso e a equipe policial precisou se deslocar de rabeta (canoa) 40 minutos descendo o rio até o local do crime.

Não foi possível distinguir a princípio de quem são os corpos ou diferenciá-los em decorrência do avançado estado de putrefação. Segundo os policiais, entretanto, pessoas da localidade disseram ser os corpos de uma família desaparecida: José Francisco Costa dos Santos (pai), Vilma Guimarães dos Santos (mãe), Leonardo Costa dos Santos (14 anos, filho) e Edinaelson Costa dos Santos (16 anos, filho).

Segundo a polícia, devido às condições dos restos mortais, tudo indica que o crime ocorreu há vários dias. E a arma utilizada no crime provavelmente seria uma espingarda calibre 12, tendo em vista o número de cartuchos deflagrados próximo dos corpos das vítimas. No entanto, a perícia ainda irá analisar e emitir o laudo definitivo.

Os supostos parentes das vítimas foram intimados a comparecerem na delegacia de Polícia Civil o mais breve possível, afim de receberem requerimento emitido pela autoridade policial para realização de exame de DNA que comprovará o parentesco e providenciarem a retirada dos corpos no IML.

A Polícia Civil informou que diligências serão realizadas em busca de levantar os autores e a motivação do crime.

G1/PA

SEM COMENTÁRIO