NotíciasPolícia

SANTA LÚCIA: Avião da PF decolou para Belém com policiais presos

726510072017160729 (1)Exatamente às 14h30 o avião da Polícia Federal sob o comando do delegado federal Marcel Maranhão, decolou do aeroporto de Redenção levando nove policias militares presos. Dos 13 que tiveram a prisão decretada, quatro já estavam em Belém. O comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Carlos Kened e o tenente Rômulo de Azevedo já estão presos na PF, em Belém, desde o início desta segunda-feira (10), e os dois policiais civis Douglas Eduardo, escrivão e o investigador Euclides da Silva também já estavam em Belém e iriam se apresentar na PF.

PRISÕES: A prisão temporária tem validade de 30 dias, e poderá ser prorrogada por mais 30, como também poderá ser convertida em prisão preventiva, esta é por tempo indeterminado. Ainda não foram divulgadas as razões predominantes que levaram o Ministério Público a pedir as prisões. Especialistas consultados por nossa reportagem acreditam que as prisões seriam uma forma de chegar a delações premiadas dos acusados. Os laudos balísticos e da reconstituição ainda não foram divulgados.

POR QUE SÓ 11 FORAM PRESOS? – Nossa reportagem apurou que consta nos autos do inquérito que somente os policias lotados em Redenção participaram do momento em que houve as mortes, por isso só eles tiveram as prisões decretadas. Os policiais lotados em Conceição do Araguaia não chegaram à área a tempo do tiroteio. Outro grupo formado por policias militares de Xinguara e Rio Maria, também não havia chegado ao local do confronto no momento em que aconteceram as mortes.

(Lourivan Gomes/da Redação)

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo