Secretário Regional do Sul e Sudeste paraense tomará posse em Marabá

O governador Helder Barbalho empossará o secretário regional de Governo do Sul e Sudeste, João Chamon Neto, nesta sexta-feira (22), às 10h, em Marabá. A cerimônia será no Carajás Centro de Convenções e Eventos, com a presença de representantes dos órgãos estaduais nas duas regiões, autoridades municipais, empresários e do presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Bruno Kono. Na oportunidade, serão entregues 314 títulos de terra a produtores rurais dos municípios de Rondon do Pará, Parauapebas, Goianésia do Pará, Eldorado dos Carajás, Breu Branco, Bom Jesus do Tocantins e Abel Figueiredo.

Chamon Neto foi vereador em Marabá na década de 80, prefeito em Curionópolis na década de 90 e ex-servidor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Foi um dos pioneiros da comunicação na sua região, tendo se destacado como competente profissional de Publicidade e Jornalismo. Possui especialização Tecnologia Aplicada a Comunicação e Gestão Pública. Desde os tempos de estudante, destacou-se na luta pela organização de movimentos estudantis e na defesa da melhoria da qualidade da educação.

Em 2014, o novo secretário foi eleito deputado estadual. Na Assembleia Legislativa (Alepa), manteve um mandato dinâmico, proativo e participativo, ocupando comissões importantes para agenda de desenvolvimento do Pará. À frente do Centro Regional, ele terá a missão de ampliar a presença do Estado nas duas regiões, destravando o crescimento da produção dos 38 municípios das regiões sul e sudeste do Pará.

Títulos – A regularização fundiária é uma demanda freqüente de ocupantes de áreas de jurisdição estadual em várias regiões do Pará. Em Marabá, o governador garantirá a segurança jurídica, após processo tramitado no Iterpa, para a titulação individual definitiva aos ocupantes em sete municípios. Com este documento, eles poderão avançar nos investimentos em suas propriedades, a partir do acesso ao crédito e licenciamento ambiental de suas atividades.

(Secom)

SEM COMENTÁRIO