EsporteNotícias

Seleção de Xinguara goleia em casa e mesmo assim o treinador entrega o cargo

Bannch
Bannch

No sábado dia 15 de outubro, a seleção de futebol de Xinguara recebeu no Estádio Municipal J. Santos, a seleção de Bannach no jogo de volta, mesmo com um clima não muito bom entre jogadores e comissão técnica, a seleção de Xinguara não deixou os problemas extracampo afetar o rendimento do time dentro de campo.

No primeiro jogo entre as duas seleções em Bannch, Xinguara venceu por 4×0, jogando em casa diante do seu torcedor, Xinguara teve um bom rendimento e voltou a golear na competição, foram 5 gols, o atacante Edilsinho abriu o marcador, ainda no primeiro tempo o lateral esquerdo Pretinho fez o segundo para Xinguara.

Na volta para a etapa complementar Xinguara queria mais, jogando em casa e com liberdade o atacante Luan marcou duas vezes, para fechar a goleada, W9 centroavante nato que veio do banco para o lugar de Edilsinho, marcou o quinto gol para Xinguara que, venceu por 5×0 dando um passo importante rumo à classificação para a próxima fase.

Bannach que perdeu sua quarta partida consecutiva, continua com a pior defesa e o pior ataque da competição. Com 0 ponto, Bannach tem ainda dois jogos em casa, primeiro recebe a seleção de Sapucaia e depois a seleção de Rio Maria, mesmo assim não tem mais chance de classificação.

Polêmica da Cerveja:

8b9ac05d-429b-4975-a609-9795fc90b5b1Dentro de campo deu tudo certo para a seleção de Xinguara, fora de campo foi que a coisa não esteve bem. Após umas fotos de alguns jogadores de Xinguara tomando cerveja horas antes do jogo, ser postada no grupo de WhatsApp da seleção, o clima externo do elenco esquentou, parte dos jogadores e parte da comissão técnica contrariados por conta que jogadores que tomavam cerveja antes do jogo, foram relacionados para a partida e alguns deles como titular gerou certo desconforto.

9c370de6-3708-4735-b4cb-9e79816919f6
Texto inscrito por Júnior Cabeleira, anunciando sua saída da Seleção

Enquanto o time titular aquecia para entrar em campo, por pouco que jogadores reservas não chegaram as vias de fato. Contrariado com tudo que aconteceu o treinador de Xinguara José Carlos Júnior, “Júnior Cabeleira”, Anunciou sua saída do comando da seleção e deve entregar o cargo na terça-feira 18, quando a seleção volta aos trabalhos de treinamentos. O anuncio foi feito no grupo da seleção, mas oficialmente Júnior deve entregar o cargo na próxima terça-feira, quem assumira  o cargo deve ser o auxiliar técnico, Marcão.

Para alguns jogadores a saída do treinador não é a melhor opção, isso fica claro em alguns prints que nossa redação teve acesso. Júnior está invicto na competição com duas vitórias e dois empates e deixa a seleção com 8 pontos e 9 gols de saldo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo