Polícia

Um homem foi baleado e dois foram executados durante final de semana em Xinguara

Confidência ou não, em menos de uma hora, um homem foi baleado e outros dois foram executados no último sábado, 31, em Xinguara.

Primeiro um homem foi baleado enquanto assistia uma partida de futebol no Estádio Municipal J. Santos. Segundo relatos de populares que também estava vendo o jogo, um homem chegou de cara limpa e sem falar nada disparou vários tiros contra outro homem identificado como Hugo Henrique Oliveira dos Santos, que foi socorrido e levado para a UPA do município, e em seguida foi transferido para o Hospital Regional Público do Araguaia em Redenção, onde recebeu atendimento médico e não corre risco de morte. O algoz, efetuou alguns disparos para o alto de forma intimidatório e fugiu tomando rumo ignorado.

Enquanto Hugo Henrique, era preparado para ser transferido para Redenção, outras duas pessoas eram assassinadas nas ruas da cidade. os jovens foram executados a tiros, um foi morto na Rua dos Pioneiros no bairro Marajoara I, e outro na Avenida Orlando Murado no Marajoara II. Uma das vítimas de iniciais J.A.B, era menor de idade, tinha apenas 15 anos. Já a outra vítima identificada como Alisson Rian dos Anjos, era maior de idade, com 19 anos.

Segundo o Delegado da Policia Civil, José Orimaldo, em entrevista ao PORTAL9, assim que tomou conhecimento dos crimes às investigações foram iniciadas de imediato, “assim que recebemos as informações desses crimes, ou seja, de dois homicídios e uma tentativa de homicídio, nós instauramos inquéritos para apurar os casos, já ouvimos familiares das vítimas, já ouvimos testemunhas, e estamos realizando diligencias na tentativa de identificar e qualificar o autor ou autores desses três crimes, vamos continuar investigando com objetivo de prender esses criminosos como resposta à sociedade”.

Ainda segundo o Delegado, os três casos possam ter sido praticados pelas mesmas pessoas, ou pessoas do mesmo grupo, e que, são várias as linhas de investigação a serem seguidas, “pelos projeteis que nós encontramos nos locais dos crimes, as armas usadas são diferentes, estamos trabalhando com várias linhas de investigação, mas a principal é que seja disputa de facções pelo comando do trafico de drogas em Xinguara”, afirmou José Orimaldo, Delegado de Polícia Civil de Xinguara.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo