Cidades

Uma das vítimas fatais do acidente na BR 155 era de Xinguara

A senhora que se chamaria Marley Mendes Costa, que morreu acidentada na BR 155, neste domingo (02/02/14), na realidade se chamava oficialmente Marlene Mendes de Carvalho, era de Xinguara e não de Canaã dos Carajás, conforme foi noticiado. Marlene era casada, residia à Rua Airton Senna, Setor Bela Vista, em Xinguara.
Ela deixa cinco filhos maiores de idade. O irmão dela, Edson Ferreira da Silva, o “Edson Bela Vista”, informou que Marlene está sendo velada na Igreja de Deus, a Rua 5, setor Itamaraty, e que o sepultamento acontece às 17 horas desta segunda-feira no cemitério Municipal. (Edmar Brito)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar