Vereador apresenta projeto de Resolução sem obedecer os critérios do Regimento Interno

Vereador Manga no uso da tribuna (Foto: Roserval Ramos)

Da Redação

Na primeira sessão ordinária deste mês de março da Câmara Municipal de Xinguara, realizada na noite desta segunda-feira, 11, foram apresentados projetos, dentre eles um chamou atenção.

O vereador Manga, do PSC, foi autor do projeto de Resolução que concede título honorífico de cidadão xinguarense ao empresário Roberto Paulinelli, da cidade de Rio Maria.

O regimento interno da Câmara permite que cidadãos sejam agraciados com título, contudo as normas regimentais exigem que o indicado “tenha prestado relevantes serviços” à sociedade xinguarense.

Projetos como esse são aprovados com frequência, mesmo sem observância quanto ao disposto no regimento interno da Casa de Leis.

O título honorífico ao longo dos anos já foi concedido a inúmeras pessoas, merecidamente reconhecidas pelo que fizeram como contribuição no município.

Como os critérios são vagos, houve vereadores que, ao usar a tribuna consideram necessário fazer alterações no regimento interno para que não haja banalização na aprovação de títulos honoríficos.

SEM COMENTÁRIO