Violência preocupa população de Xinguara e leva as autoridades a realizar duas audiências pública só esse ano

Só esse ano de 2018, duas audiência pública foi realizada em Xinguara para tratar do auto índice de violência que vem preocupando a população. Para buscar soluções que possa diminuir a violência na cidade, o vereador Dorismar Altino Medeiros, (PSDB), o “Dito do Cinema”, a pedido de alguns comerciantes, tomou a iniciativa de realizar uma sessão de audiência pública que foi realizada na quinta-feira 7 de junho, na Câmara de Vereadores, onde foi discutido vários temas relacionados a violência.

Autoridades, entidades, comerciantes e população em geral, foram convidados para o debate. Dentre tantos os assuntos relacionados a violência estavam, droga, bebida alcoólica, transito, menores de idade em casas noturnas onde são realizadas as festas.

Para ouvir as demandas da população, apenas o Tenente Coronel Keythson Valente Gaia, que assumiu recentemente o comando do 17º BPM Batalhão Carajás de Polícia Militar de Xinguara. Outras autoridades como Juízes, Promotores Público e Delegados foram convidados, mas, sem justificativas não compareceram.

No início da reunião o novo comandante da PM, falou que estava ali para contribuir, disse também que ia ouvir e anotar os pontos, para que, ao final pudesse fazer um apanhado de tudo para poder se manifestar. Para o Tenente Coronel, não foi muito difícil analisar o clamor da população, pois todos que usaram a tribuna praticamente falava a mesma coisa. Os assuntos mais debatidos foram, assalto a mão armada nas ruas, assaltos a mão armada em casas lotéricas e a residências, arrombamentos a residências, roubos de celulares, motos e o transito municipal que está uma verdadeira bagunça. Ao final tudo era atribuído ao ponto mais crítico, a droga de todas as naturezas.

Uma senhora proprietária de uma lotérica, que não vamos citar seu nome, ao usas da palavra, definiu tudo que falou sobre a violência, uma única palavra, “MEDO”, “não tenho outra coisa a falar, a não dizer que estou com muito medo de viver em Xinguara”, afirmou a comerciante.

Outro lotérico que usou a tribuna, disse que a coisa é muito séria, “não dá mais para conviver com tanta violência, só esse ano eu fui sinistrado três vezes, olha que estamos só no primeiro semestre, quando tomamos a iniciativa de pedir ao vereador Dito do Cinema para encabeçar essa audiência, não foi apenas pensando em me, e sim em toda sociedade que, aqui vive e passa por situações idêntica à que eu passei, vejo que o momento é de pedir ajuda, por isso estamos pedindo socorro as autoridades que façam alguma coisa para que a tranquilidade volte a reinar em nossa cidade”, disse.

A tribuna foi usada por vários representantes de entidades, como, maçonaria, associação comercial, OAB, Etc. O advogado Cícero Sales, presidente da OAB/Subseção Xinguara, também falou e lamentou o fato de duas jovens advogada fechar as portas do escritório após serem assaltadas, “é lamentável a situação de violência que vivemos em Xinguara, a OAB sempre esteve e sempre estará à disposição para apoiar qualquer ação que venha beneficiar a cidade”, disse Cícero Sales.

Após todas as situações expostas, o comandante da PM, Tenente Coronel Keythson Valente se comprometeu em fazer de tudo para combater a criminalidade no município, “vou continuar fazendo o que sempre fiz, combater a criminalidade com os recursos que tenho, vou implementar o policiamento, intensificar as abordagens e as operações semanais, até que chegue novos policiais que viram do Polo de Formação de Conceição do Araguaia e também da novas motos viaturas que devem chegar em breve para o Batalhão” enfatizou o comandante.

SEM COMENTÁRIO