Virada do ano marcada por quatro mortes violentas em Parauapebas

page1A virada de 2014 para 2015 somou quatro vítimas de mortes violentas em Parauapebas, sendo três por homicídios e uma por suicídio. As vítimas por homicídios são os indivíduos Luís Rosa Pereira, 50 anos de idade; Paulo May Nobre, 33 anos; e Jakson do Nascimento Bento, 25 anos. Já Daniele de Sousa Correia, 20 anos, acabou com a própria vida.

Conforme levantamento feito pela reportagem junto à Polícia Civil, Luís Pereira foi assassinado no final da tarde do dia 31 (quarta-feira) com um golpe de faca no peito na área denominada “Pé Inchado”, divisa dos bairros Cidade Nova e Maranhão, após desentendimento com o matador, que ainda não foi identificado pela polícia e nem colocado atrás das grades.

O assassinato de Jakson Bento, também por esfaqueamento, ocorreu por volta das 4 horas da madrugada de quinta-feira (1º), após desentendimento em um acidente de trânsito no Bairro Liberdade II, envolvendo duas motocicletas. Durante discussão dos dois motoqueiros, uma terceira pessoa apareceu e desferiu os golpes de faca no corpo de Jakson Bento, que ainda foi socorrido, mas morreu no hospital.

Já Paulo Nobre, de acordo ainda com a polícia, foi executado na manhã de quinta-feira (1º) na Rua 10, Bairro União, também com uma facada desferida no peito por um desconhecido, provavelmente por envolvimento com tráfico de drogas.

Daniele Correia foi encontrada morta na quinta-feira (1º), dentro da própria residência onde ela morava, na Avenida Iguaçu, Bairro Casas Populares II, pendurada por uma corda amarrada no pescoço.

Segundo o delegado Thiago Carneiro, tudo indica que a moça se enforcou porque estava sofrendo de depressão e desilusão amorosa. A vítima teria deixado uma carta, mas a polícia não apresentou à imprensa. (Vela Preta/Waldyr Silva)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA