NotíciasSaúde

Xinguara recebe uma Unidade de Terapia Intensiva Móvel para atender paciente da COVID-19

Na última quinta-feira, 29, chegou à sede do município de Xinguara, uma UTI Móvel, contratada por locação pela secretaria de Saúde do município por um prazo de 90 dias por um valor de 25 mil reais por mês. Sem leitos para atender pacientes de alta complexidade, na Região Araguaia composta por 15 municípios, a UTI Móvel vai dar suporte para atender os pacientes da COVID-19, de Xinguara que, por ventura venha precisar ser trasladado até o HRPA – Hospital Regional Público do Araguaia de Redenção, ou para o Hospital de Campanha em Marabá.

A locação da UTI Móvel foi realizada com parte da verba destinada pelo Ministério da Saúde, para o enfrentamento do Novo Coronavírus, no município de Xinguara. A ambulância conta com todos os equipamentos necessários para receber um paciente em estado grave.

Na tarde dessa segunda-feira, 04, a secretária de Saúde Janaína Pereira, entregou a UTI Móvel devidamente plotada e pronta para atender as demandas da Saúde pública de Xinguara.

A secretária, após a entrega da unidade, falou com a imprensa, ocasião em que demonstrou sua preocupação com o crescimento nos números de casos confirmados da COVID-19, no município, “infelizmente tivemos a primeira vítima do Coronavírus em nossa cidade, o senhor de 62 anos, que estava internado em marabá, não resistiu e evoluiu a óbito ontem (domingo), lamentamos muito em ter que falar desse assunto, mas estamos trabalhando e buscando meios para combatermos esse vírus. Mesmo sabendo que a competência da alta complexidade é do governo do estado, não estamos medindo esforços para seguir os protocolos”.

“Nosso município já conta com dois respiradores, e já estamos aguardando a chegada de mais dois para melhor atendermos nossos pacientes”, disse Janaína Pereira.

A secretária disse ainda que, os 15 municípios da Região Araguaia estão trabalhando em parceria, “enquanto o governo do estado não resolva a questão dos leitos de UTI no Hospital Regional de Redenção, estamos tentando leitos em hospitais particulares em Redenção. Estamos tentando fazer isso em forma de um consórcio, esses leitos será para atender todos os pacientes da nossa região”, afirma ela.

Para finalizar Janaína, voltou a conclamar a população, fazendo o apelo que já se tornou rotineiro. “precisamos mais do que nunca seguir todas as recomendações, da OMS e do MS, então população xinguarense, fiquem em casa, não saiam para a rua sem necessidade, se for sair, usem mascara, álcool em gel ou 70%, sempre que puder lave bem as mãos com sabão e água, só assim vamos vencer essa guerra juntos”, apelou ela.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar