EducaçãoXinguara

Sintepp: Eleição revela as forças dos militantes históricos

A eleição para escolha da coordenação do Sintepp, Subsede Xinguara, transcorrida no último final de semana, revelou que as disputas por espaços em determinadas categorias, em muitos casos, são diretamente de interesse político-partidário.

As chapas que estiveram em disputa revelaram que possuem relação direta e indireta com algumas siglas partidárias, apesar de não ter sido tão evidenciado tal condição.

A derrota da chapa 03, ligada à administração municipal, que ficou em segundo lugar, obteve o direito de participar da composição por meio da proporcionalidade adquirida estatutariamente, foi questionada em todo o transcorrer do pleito eleitoral.

Com toda a conturbação que permeou o processo eleitoral, o resultado foi tido como razoável por algumas pessoas ligadas a chapa 03. João Rosa, que pleiteava à condição de coordenador geral, sem muita experiência em disputa desse tipo, teve seu nome articulado pela base da administração municipal, tendo como expectativa de voto, possíveis sufrágios dos servidores contratados junto a Secretaria Municipal de Educação, órgão comandado pelo professor Vilmones da Silva.

Tendo trabalhado sem muito alarde, a chapa vencedora, 02, encabeçada pela professora Maria Reis, ao que parece, contou com o reflexo da postura de quem tem conseguido ser coerente junto aos seus companheiros.

Assim, Maria Reis saiu-se vitoriosa na disputa para a coordenação do Sintepp, subsede Xinguara.

Ao conceder entrevista a este site, Reis disse que não conseguiu entender como foi possível se ter o registro de um chapa contendo inúmeros atos ilegais, razão pela qual pleiteou, por meio de quatro pedidos, a impugnação da chapa 03.

Para ela, os desafios dos quais enfrentou na disputa, apresentada com a chapa “Coragem e determinação” foram encarados por entender que não se pode permitir qualquer tipo de regressão das conquistas obtidas ao longo dos anos.

Em suas propostas, das quais pretende desenvolver no sindicato, em beneficio da categoria, algumas delas estão voltadas para agregar todos os servidores, “pretendemos nos empenhar para ter todos os trabalhadores em educação, seja o motorista, a merendeira, beneficiados pelos direitos dos quais entendemos ser necessários para estes trabalhadores”, afirma Reis.

Quanto à composição do sindicato, Reis coloca que sua chapa, a 02, terá direito a 10 membros na coordenação, sendo assegurado pelo estatuto, o cargo de coordenador geral e o coordenador de finanças. A chapa 03 terá direito a 08 membros. A posse dos novos dirigentes do Sintepp está prevista para acontecer no mês de agosto.

Por Antonio Guimarães

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo