Esporte

Série de lesões força Deco a anunciar aposentadoria

Meia, que teve carreira vitoriosa pelo Porto, Barcelona e Fluminense, além de destaque na seleção portuguesa, param aos 35 anos

Deco se despede do futebol com uma carreira vitoriosa, primeiro na Europa, depois no Brasil
Deco se despede do futebol com uma carreira vitoriosa, primeiro na Europa, depois no Brasil

O meia Deco, do Fluminense, anunciou sua aposentadoria nesta segunda-feira. Um dos destaques da posição no futebol europeu da década passada, o jogador, de 35 anos – completa 36 nesta terça -, nascido em São Paulo e naturalizado português, atuou 17 anos profissionalmente. O jogador vinha enfrentando uma série de contusões desde que chegou ao Tricolor das Laranjeiras, onde conquistou os Brasileiros de 2010 e 2012.

Campeão da Liga dos Campeões da Europa pelo Porto e pelo Barcelona, Deco também atuou pelo inglês Chelsea, antes de se transferir para o Fluminense em 2010. O brasileiro também foi um dos destaques da seleção portuguesa, ao lado dos astros Figo e Cristiano Ronaldo. Sob o comando do também brasileiro Luiz Felipe Scolari – que retornou ao comando da seleção brasileira ano passado -, Deco chegou à final da Eurocopa em 2004 e ficou em quarto lugar na Copa do Mundo de 2006.

“É com muita tristeza e pesar que comunico o fim de minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol. Gostaria muito de continuar até o final deste Brasileiro e ajudar a colocar a equipe novamente na Libertadores. Mas não estou conseguindo”, disse Deco em nota enviada pela sua assessoria de imprensa.

Deco foi revelado na categoria de base do Corinthians. Antes de despontar no Porto, onde foi comandado por José Mourinho, o jogador passou por várias equipes menores do futebol português. O brasileiro naturalizado é o décimo jogador que mais vestiu a camisa da seleção portuguesa. No total, foram 75 jogos por Portugal.

Deco entrou em campo pela última vez na quarta-feira passada, no final da vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, no Maracanã, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Em sua nota de despedida, ele fez questão de destacar a sua passagem de sucesso pelo Fluminense. Contratado em 2010, ele conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro (2010 e 2012) e também foi campeão carioca no ano passado. (Fonte: gazeta do povo)

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo