Justiça

Justiça decreta mais duas prisões no esquema de fraude de CNH, no PA

Operação ‘Galezia’ investiga fraudes na emissão de carteiras de habilitação.
Dez pessoas já foram presas. Servidores do Detran foram afastados.

Do G1 PA

A Justiça de Xinguara, sudeste do Pará, decretou, nesta terça-feira (25), as prisões temporárias de outras duas pessoas acusadas de envolvimento no esquema fraudes na emissão de carteiras de habilitação desarticulado pela operação “Galezia”, da Polícia Civil do Pará. Dez pessoas detidas no último dia 20 permanecem presas, entre elas, servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Pará (Detran) e empresários do setor de autoescolas. Outras três estão foragidas. A determinação é do juiz Arnaldo Gomes, da Comarca de Xinguara.

A Justiça determinou ainda a prorrogação por mais cinco dias, prorrogáveis por mais cinco dias, do prazo das prisões temporárias decretadas contra as pessoas presas, durante a operação realizada em oito municípios do Pará e no Tocantins.

O Poder Judiciário também determinou o afastamento das funções dos servidores públicos do Departamento Estadual de Trânsito acusados de envolvimento no esquema pelo prazo de até 30 dias. As investigações da Polícia Civil continuam.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo